Violência mata 70 vezes mais crianças que a covid