Arthur Lira espera votar reforma administrativa até o fim de agosto