Promotor quer o povo denunciando casos de aglomerações