Duque, o rei da rejeição no TCE-PE