Caderno 1

Saída de Carlos Evandro do PSB gera especulação no meio político de ST e aponta como chegada de Duque ao partido do Governador

20 abril 2017
Anuncio

Ontem (quarta-feira, 19) o ex-prefeito de Serra Talhada, Carlos Evandro,  confirmou ao Caderno 1 sua chegada ao PR do deputado Sebastião Oliveira. Segundo as informações de Carlão, chega para presidir a sigla no município e reforçar ainda mais a oposição à gestão municipal. Também segundo Carlos Evandro, toda movimentação conta com o conhecimento e apoio do governador Paulo Câmara (PSB), partido ao qual o ex-prefeito pertencia e que era o presidente no município. Carlos garante que não há rompimento, tanto que sua esposa, Socorro Brito é quem assumirá o comando da sigla na Capital da Beleza.

De acordo com analistas políticos locais a história não se resume apenas a isso, os comentários são de que Carlos sai do PSB para que possa facilitar a chegada do prefeito Luciano Duque (PT) para o ninho socialista.

Duque já deixou claro que vai deixar a o Partido dos Trabalhadores, embora os petistas locais queiram acreditar que isso não aconteça.

O prefeito já namora há algum tempo com diversos partidos que tem lhe estendido tapete, afinal trata-se do prefeito do município que possui o segundo maior colégio eleitoral do Sertão, e Duque sabe se aproveitar desse trunfo. Já existiram boatos de namoro com o PMDB, com o DEM e com o PSB de Paulo Câmara.

O namoro que mais resiste é o com o PSB, isso já desde a pré-campanha de 2016 quando Duque tentava sua reeleição. Recentemente houve uma aproximação ainda maior, quando da visita do governador a Serra Talhada, na oportunidade Duque participou inclusive de jantar na casa do secretário de Transportes Sebastião Oliveira.

Carlos Evandro por sua vez já havia declarado que não se sentiria à vontade na mesma sigla com Duque, embora respeitasse e concordasse com que o governador reforçasse suas bases para reeleição agora em 2018, assim, a fórmula encontra teria sido a ida do ex-prefeito para o PR, onde, além de reforçar ainda mais a sigla, politicamente, no município, continuaria na base de Câmara e ao mesmo tempo deixaria o caminho livre para chegada de Luciano Duque ao PSB.

Agora é esperar e ver os próximos capítulos dessa novela.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Redação Carderno 1

Posts Relacionados

Curta Nossa Página