Caderno 1

Em Serra Talhada vereador André Maio reafirma denúncia de perseguição contra o presidente da Câmara Nailson Gomes

05 Janeiro 2017
Anuncio

Em entrevista ao programa CADERNO 1 NO AR, na Rádio Líder FM, nesta quarta-feira (4) o vereador da oposição, André Maio, em entrevista reafirmou denúncia que colocou nas redes sociais de que estariam sendo ‘perseguido’ pelo atual presidente da Câmara de Vereadores de Serra Talhada, que não lhe permitiu a nomeação de uma chefe de gabinete. “Todos os vereadores… os 15 vereadores que votaram nele tem um chefe de gabinete e só eu e Antonio de Antenor (vereador do PR) não tem, que por coincidência nós dois não votamos nele (Nailson) (…) O procurei e ele disse que tanto eu como Antonio não teria (chefe de gabinete) . Eu perguntei o por que e ele  disse que era uma prerrogativa dele“, contou André Maio e reforçou: “é uma prerrogativa minha, e acabou-se, disse o presidente“.

O vereador disse não se conformar. Segundo ele não é uma questão de querer cargos, “acho que você não pode tratar iguais, diferentes“, reclamou ele e, de posse de uma cópia do regimento interno o vereador garante que existem 17 cargos para serem rateados com os 17 vereadores da Casa, segundo ele é inadmissível que apenas ele e o seu colega, exatamente os dois que se abstiveram de votar no atual presidente tenham sidos penalizados, André reafirma ver na ação ‘perseguição’ e taxa de “abuso de poder”.

André Maio, mesmo dizendo não ser o que deseja, caso o presidente não reveja sua posição, “irei sim impetrar mandado de segurança contra sua pessoa por abuso de poder, pedindo inclusive seu afastamento da presidência“, afirmou.

Para entender.

 A Câmara de Vereadores de Serra Talhada é composta por 17 vereadores, sendo 12 da base aliada do prefeito e 5 da oposição. Nailson  Gomes, eleito presidente da Casa no último domingo (1) é da base aliada do prefeito. Todos os vereadores da situação votaram no mesmo, seguindo orientação do prefeito e ele contou ainda com 3 votos da oposição. Os vereadores Dedinha Inácio, Vera Gama e Gilson Pereira também votaram em Nailson Gomes, apenas os vereadores André Maio e Antonio de Antenor se abstiveram. Na oportunidade, quando da eleição de presidente da Câmara, na hora de declarar seu voto, o vereador Antonio de Antenor disse que iria se abster porque não foi procurado por ninguém, enquanto André Maio afirmou que se abstinha de votar seguindo orientação do líder da oposição de Serra Talhada, no caso o presidente do PR Estadual e deputado federal licenciado, Sebastião Oliveira.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Redação Caderno 1

Posts Relacionados

Curta Nossa Página