Caderno 1

OS DEBATES DO WHATSAPP

O Caderno 1 criou um grupo de WhatsApp, acompanhando a evolução das comunicações nas redes sociais. Com muita felicidade assistimos uma efervescência de mensagens, opiniões, críticas e elogios as matérias postadas em nosso site e, mesmo debates acirrados criados em torno do nosso cotidiano.

Ficamos felizes com isto, afinal era esta a intenção, criar mais um canal de debate, onde todos pudessem expressar sua opinião e seus sentimentos.

Essa é principal regra da democracia: a liberdade de expressão.

Os participantes do grupo podem observar que em momento algum intervimos, até porque acreditamos que do grupo participam pessoas livres, cidadãos consciente dos seu direitos e deveres.

Os debates, por mais acirrados que sejam é primordialmente um exercício de cidadania, isso é bom.

Nos preocupamos apenas quando vimos alguns assuntos tomarem caminhos que beiram a questões pessoais. No nosso olhar não devemos trilhar tais caminhos. Devemos sim, fazer críticas, mas nunca denegrir. Devemos e podemos duvidar, mas nunca apontar culpados sem nenhuma prova. Devemos sobretudo cobrar, visando principalmente o bem coletivo e o crescimento de Serra Talhada, e porque não, aplaudir, quando for merecedor.

No grupo do C1 estão pessoas das mais diversas tendências políticas, como também cidadãos comuns, alheios aos entraves políticos, preocupados tão somentemente com as notícias do dia a dia.

Precisamos pois elevar e manter elevado o nível dos debates, e do grupo, é claro, para que ele cresça ainda mais, para que se torne um instrumento que venha a contribuir com todos, indistintamente.

O Caderno 1, nasceu com este propósito: contribuir com a formação dos nossos cidadãos, através da informação imparcial e séria.

Ficamos realizados em ver debates tão acalorados, mas preocupados também, pois não queremos, como já foi dito, que estes debates “descambem” para baixarias.

Nosso site está aberto a população, entre em contato conosco (c1@caderno1.com.br), mande sua opinião e teremos prazer um publicar, e aos nossos companheiros de WhatsApp, continuem seus debates, em alto nível.

Equipe do C1

Curta Nossa Página