Caderno 1

Antônio, irmão de Virgolino, o Lampião.

05 julho 2017
Anuncio

Antônio Neto

filhoneto@bol.com.br

Antônio, irmão de Lampião, conhecido como Antônio Ferreira, ocupou um lugar de destaque no cangaço, ao lado de seu irmão Virgolino. Era um homem valente e às vezes impulsivo. Sua alcunha era Esperança. A sua morte foi uma perda irreparável para Virgolino e seu grupo. Sem ele, o grupo reduziu significativamente o poder de fogo e ficou mais fraco.  A prova disso foi o revés que o  grupo do Rei do cangaço sofreu em Mossoró, onde saiu no prejuízo.

Estudando os processos de Antônio Ferreira no âmbito do cangaço, observei que, de início, era ele quem comandava as ações criminosas do grupo, enquanto Virgolino figurava na condição de coadjuvante. O que digo pode ser visto nos autos, em que estava envolvido, entre estes, o do saque no sítio Bom Sucesso no município de Triunfo, em 1923 e muitos outros, onde pouco se falava de Virgolino e, sim de Antônio Ferreira.  Não obstante, Antonio por não ter perfil de liderança passou o comando da tropa para Virgolino.

Antônio foi registrado civilmente sem sobrenome, como se pode ver em sua certidão de nascimento anexada a este artigo. Por ser filho de José Ferreira, tornou-se conhecido como Antônio Ferreira ou Antônio Ferreira da Silva. Pelo fato de não existir registro oficial com seu sobrenome, não se pode dizer, com certeza, qual o nome completo ou correto do primogênito de José Ferreira dos Santos. Por essa razão poderia ser chamado de Antônio, vulgo Antônio Ferreira ou Esperança, suas verdadeiras alcunhas no cangaço.

Ouve-se muito dizer, bem como consta em alguns livros, que Antônio Ferreira era filho de Venâncio Nogueira e não de José Ferreira dos Santos. Os que sustentam essa proposição, afirmam que José Ferreira quando se casou com dona Maria Vieira do Nascimento (casamento eclesiástico) ou Maria Sulena da Purificação (casamento civil), ela já se encontrava grávida de Antônio. Esta afirmação não se sustenta, uma vez que o casamento de José Ferreira com dona Maria vieira, no eclesiástico, ocorreu no do dia 13 de outubro de 1894, conforme, em anexo, o assento de casamento de José Ferreira registrado na Paróquia do Bom Jesus dos Aflitos, na freguesia de Floresta, no estado de Pernambuco. Enquanto isso se pode afirmar que Antônio nasceu em 15 de julho de 1895, de acordo a certidão de registro civil do mesmo, anexada a este texto. Portanto, quando Antônio nasceu, já se havia passados nove meses e dois dias do matrimônio de José Ferreira, o que deixa bem claro que dona Maria, mulher de José Ferreira, não se encontrava grávida quando se casou. Porquanto, essa história de Antônio Ferreira, não ser filho de José Ferreira, não há fundamento, ou seja, são frutos da imaginação. Em conformidades os registros oficiais juntados a este trabalho, o primeiro filho de Dona Maria Vieira é, de fato e de direito, filho legítimo de José Ferreira dos Santos.

Anexos:

  1. Assento de Casamento de José Ferreira dos Santos.
  2. Certidão civil de Antônio, filho de José Ferreira.

 

Assentos de casamento registro nº 80.

Assento de casamento de José Ferreira dos Santos com  Maria Vieira do Nascimento, também chamada de Maria Sulena da Purificação, Maria Vieira da Solidade e Maria Lopes.

Local:  Paróquia do Bom Jesus dos Aflitos Frequesia de Floresta-PE.

Livro Nº: 7

Registro Nº 80.

Data: 13/10/1894. Padre celebrante: Cônego e Vigário Joaquim Antônio de Siqueira Torres.

Transcrição do assento de casamento de José Ferreira dos Santos, pai de Virgolino, o Lampião.

Aos treze de outubro de mil oitocentos e noventa e quatro, nesta Matriz, perante Joaquim Vieira de Mattos e Manoel Ferreira dos Santos, assisti juntos s.c[…] o recebimento matrimonial de José Ferreira dos Santos com vinte e dois anos de idade, filho legítimo de Antônio Ferreira dos Santos Barros e Maria Francisca da Chaga, com Maria Vieira do Nascimento com vinte anos de idade, filha legítima de Manoel Pedro Lopes e Jacoza Vieira do Nascimento. Os nubentes são naturais e moradores nesta freguesia de Floresta. De que mandei passar este termo que assino.

Cônego e Vigário  Joaquim Antônio de Siqueira Torres.

Certidão do Registro Civil de Antônio, irmão de Lampião, conhecido como Antonio Ferreira.

 

Antônio Neto é escritor, pesquisador, biógrafo, dicionarista e poeta. Membro da Academia Serra-Talhadense de Letras, Academia Recifense de Letras e da União Brasileira de Escritores.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Redação Carderno 1

Posts Relacionados

Curta Nossa Página